A Direita natimorta do Brasil

Posted: September 25, 2014 in Conservadorismo, Ideologia
Tags: , , ,

“Errado – exceto quando sou eu quem faço.”

O Brasil chegou a um ponto onde as pessoas se aperceberam de que algo está errado, mesmo que esse algo já esteja errado há quase quarenta anos. Apesar de toda a conversa sobre como a vida do brasileiro melhorou nos últimos anos, a criminalidade aumentou, o nível da educação caiu barbaramente, o único setor público que funciona como um relógio suíço é o fisco, a corrupção no governo é explícita e generalizada, e ideólogos apologistas do governo atacam qualquer um que tente se posicionar contra a ditadura branca que hoje governa o Brasil.

Hoje, aqueles um pouco mais esclarecidos tentam buscar uma alternativa ao totalitarismo vigente, o qual a Esquerda chama carinhosamente de “Hegemonia”. Uma dessas alternativas, tem sido buscar a ressurreição da direita política e filosófica brasileira, desmantelada na época do regime militar (que esquerdistas até hoje juram que era “de direita”). Mas embora o povo reclame e debata, os resultados pela procura de abrangência são pífios.E quando se pede união, e dois ou mais grupos se reúnem e a idéia aparenta tomar uma forma coesa, de repente, a coisa implode e tudo volta ao estado anterior. Enquanto isso, os planos da Esquerda, atual Status Quo, prosseguem com regularidade, rumo a afundar o país num inferno socialista.

O problema óbvio, que é mencionado o tempo todo por diversos debatedores do assunto, é a falta de educação, e vontade de se educar. Apenas pelas andanças nas redes sociais, você percebe que existem direitistas que o são para serem “do contra”, desde que descobriram que o “sistema” é a Esquerda. Outros, tem alguma idéia do que a direita defende, mas prática, não são realmente direitistas. Como os conservadores que na verdade são neoconservadores, e os libertários que na verdade são social liberais. Mas um quesito que ninguém menciona, porque certamente irá causar mais cizânia e troca de acusações do que qualquer debate Conservadorismo x Libertarianismo, se refere ao combustível da máquina esquerdista de inchamento do Estado.

Como a esquerda marxista não pára de ganhar força, dentro de um país teoricamente de maioria cristã com tendência conservadora?

Porque os ‘direitistas’ produzem os recursos e os recrutas que os Esquerdistas precisam pra controlar ou destruir a sociedade e se manter no poder, roubando até o que estiver pregado no chão. O direitista foi transformado, pela Esquerda, em um colaborador necessário.


“A figura do cúmplice aparece em todos os ordenamentos jurídicos, embora possa ser tratada de forma diferenciada e pode haver variações sobre as diversas formas de cumplicidade. Neste sentido, tem-se por vezes uma distinção entre:

  • Cúmplice propriamente dito: aquele que colabora com a execução do crime, e mesmo sem a sua colaboração o crime poderia ter sido concretizado de qualquer maneira.
  • Colaborador necessário: aquele que colabora com a execução do crime com um ato sem o qual este não se realizaria.”

De onde vem o dinheiro pra comprar o congresso?…

Você já parou pra pensar que o governo rouba 40% de tudo o que você produz num ano, fora as coisas que você consome, que podem chegar a ter até 150% de taxação em cima do preço original? E quanto mais você buscar ter, maior será a fatia proporcional que o governo irá consumir. E esse dinheiro não serve só para comprar o congresso. Ele também compra a mídia, os “especialistas”, artistas, e o mais importante, votos. Vários motivos podem levar um homem a buscar luxo e consumismo, ao invés de conforto. Um deles é a ambição exacerbada, incentivada por uma sociedade que hoje exalta mais o TER e o PARECER, do que o SER. Outro é a necessidade de companhia. Mas numa sociedade onde as mulheres não possuem limitação moral ou noção da realidade, e fazem demandas cada vez mais absurdas, você terá homens definhando numa competição canibalística, exaurindo rapidamente os recursos disponíveis na região numa tentativa de acumular o suficiente para atrair a atenção de uma possível pretendente. Boa parte desses recursos será, então, sifonada pelo Governo, que dará uma parte às mulheres, tornando o esforço e sacrifício dos homens de pouco valor aos olhos delas, o que os levará à estivarem ainda mais; é um círculo vicioso. A exceção a esta regra será o homem inescrupuloso, que lançará mão de meios lícitos ou ilícitos para obter poder e status social. E sendo corrupto, esse tipo de homem enriquecerá mais rápido do que aquele que possui limitações morais, se fixando no topo da sociedade – o que significa acesso facilitado às mulheres por ser um “bom” partido. Fato que irá tornar esse tipo de homem um referencial para os homens mais jovens.

… E de onde sai tanto esquerdista?

Não é difícil ver em vários lugares, as idéias desajustadas dos esquerdistas sobre família, principalmente no trabalho de Engels e no Feminismo, que pregam a destruição da família como instrumento de revolução. Mulheres educadas dentro da cultura feminista tem zero empatia por crianças, enxergando-as como acessórios para a própria felicidade, na melhor das hipóteses, e estorvos ou castigos, na pior. Muitas pregam, ou mesmo praticam o aborto casual e indiscriminadamente, chegando a rotular a coisa de “profilaxia da gravidez” (ou seja, gravidez, para elas, é uma doença). Claro, isso não é regra; vadias burras terminam como mães solteiras de bastardos de cafajestes, e existem feministas que “se casam” com um doador de esperma incauto, e depois se divorciam para curtir sua “produção independente”, pela qual o doador pagará pensão. Mas se considerarmos que boa parte dos esquerdistas funcionais/feministas não fazem filhos, como o número deles só cresce, exponencialmente, a cada geração? Bem, esquerdistas são notórios por esperar alguém produzir algo de valor, para então ir lá e reivindicar direitos sobre o que outra pessoa produziu sob a édige da “justiça social”. Ocorre que isso não se limita a bens materiais. Então as feministas – que odeiam família, e odeiam crianças – irão se tornar professoras, e usurpar a educação dos filhos dos cristãos, conservadores e libertários. Num país livre, você poderia reivindicar seu direito de não deixar seus filhos sob a tutela de putas infanticidas, mas tal qual a Alemanha Nazista, o sistema educacional brasileiro é centralizado, organizado do topo pra baixo, e é criminalizada qualquer outra forma de se educar crianças que não seja internado-as em algum canil do governo – fazendo com que, embora os pais transmitam alguns valores (se é que transmitem) e se julguem bons pais, não sejam a maior influência dos jovens, pelo simples fato de que estes jovens terão tempo de convívio muito maior com a mídia corrupta, professores canalhas, e amigos igualmente bitolados. O que acarreta em pais estarrecidos ao descobrirem que seu filho, que até então parecia ser um bom rapaz, estampado na TV metido em atos de vandalismo e matando repórteres com rojão.


Não faça prisioneiros “tolerantes”…

A primeira coisa que todo homem direitista, ou que tem pretensões direitistas, que queira sair do buraco em que estamos hoje, deveria ter em mente, mais do que alianças, é não colaborar com a Esquerda de jeito nenhum, não importa que boas intenções eles aleguem, ou que chantagem emocional eles façam. Se “fazer a coisa certa” implica em terminar por fornecer recursos para pessoas mal intencionadas perpetrarem a destruição de inocentes (as gerações futuras), então o seu “bem” é de pouca valia. Você acha isso extremismo? Talvez não tenha assistido à entrevista da deputada venezuelana Maria Corina Machado, onde ela descreve que a direita venezuelana (sim, eles tem uma e nós não) seguiu fazendo acordos com Chavez, e depois Maduro, enquantos estes os enrolavam e prosseguiam com seus planos às escondidas, para então jogar os tais acordos pro alto, pois já haviam conseguido o que queriam. Agora o povo venezuelano está colhendo o que plantou, e os direitistas estão sendo cassados, ou até presos sob a acusação de “traição”.

Tudo o que teóricos esquerdistas planejam (e seus seguidores babacas executam) tem como finalidade o inchamento do Estado, e por consequência, o aumento do próprio poder. E esquerdistas são notórios por traírem seus acordos quando julgarem oportuno. Hitler e Stalin eram camaradas quando invadiram a Polônia, um quadro que mais tarde mudou. Aqui mais três exemplos emblemáticos do que se pode esperar da esquerda.

Mas alguns são pobres idiotas úteis, uns coitados…

…Como o eram os alemães que foram lobotomizados pelo sistema escolar nazista. Se naquela época, os países ficassem tentando conciliações inúteis, com peninha, hoje nem eu estaria escrevendo esse texto, e a maioria de vocês não estaria lendo, pois não somos parte da raça ariana. Não dá pra fazer acordos com quem valoriza mentira e verdade igualmente, e lançará mão de qualquer meio para fazer o que quer, baseado em “boas intenções”. Por conta dessa frouxidão travestida de tolerância, temos hoje, políticos que mentem e roubam desavergonhadamente, e são defendidos pelos punheteiros da justiça social ao justificarem que sua conduta podre é “em favor dos pobres e oprimidos”. Não tenha medo de ser acusado de “discriminar” por essa gente, porque o conceito de “discriminação” deles, é na verdade a imposição de aceitação forçada. Eu poderia listar aqui, como esses idiotas violam, casualmente, os direitos humanos sobre os quais eles vivem choramingando, e de como isso não passa de manipulação barata visando usar princípios morais contra as pessoas que os tem, mas é tanta coisa que é melhor deixar para depois.

Não inveje o mau

Uma sociedade que premia seus piores elementos, é uma sociedade da qual não vale à pena participar. Não valorize ou tome como exemplo, homens que ergueram seus impérios em conluio com o governo e se colocam acima da lei, enriqueceram às custas do povo¹, ou de outro modo ilícito, e nem os inveje. Essas pessoas merecem desprezo, não importa quanta grana tenham.


¹ Aqui, pode-se citar qualquer um dos cumpanhêros, mas não encontrei dados sobre a grana dos membros da gangue. Boa parte da formação de uma sociedade sadia implica também na formação de família e lidar com aqueles que a ameacem, mas é um assunto extenso e melhor tratado em outro post.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s